MIGUEL DE CERVANTES

Bom dia pessoal, seguindo nosso cronograma, hoje irei falar sobre Miguel de Cervantes, autor de uma das grandes obras da literatura “DOM QUIXOTE”.

Miguel

O maior romancista, dramaturgo e poeta da língua espanhola, Miguel de Cervantes Saavedra, supostamente nasceu no dia 29 de setembro de 1547 – na época era costume dar à criança o nome do santo comemorado na data do seu nascimento, e este coincidiu com as comemorações de San Miguel -, no município de Alcalá de Henares.

igreja

Miguel de Cervantes foi batizado em Castela no dia 9 de outubro de 1547 na paróquia de Santa María la Mayor. Filho de um médico cirurgião, Rodrigo, e de Leonor de Cortinas, tinha seis irmãos. Em 1563, a família muda-se para Sevilha, onde estuda gramática e latim, com padres jesuítas. Ele cresce na cidade de Valladolid e realiza os estudos em Madri e Sevilha, embora não os complete. O trabalho do pai, que o obrigava a viajar constantemente, o leva a escolher a carreira no exército.

Como pajem a serviço de Felipe II, foi para Roma. A viagem serviu para fortalecer seu talento, diante das grandes obras do renascimento. Em 1571, em Messina, como soldado, junto com seu irmão Rodrigo, sob o comando de João da Áustria, participou da Armada dos Cristãos, preparada para barrar o avanço dos turcos nas águas do Lepanto. Serviu ainda na companhia do capitão Manuel Ponce de Leon, e depois sob o comando de Dom Lope de Figueroa, em viagens que o levou a conhecer toda a Itália.

Miguel de Cervantes, em 1575, no regresso para a Espanha, é preso por piratas argelinos e passa cinco anos em Argel. Em 1580 é resgatado por sua família e por padres trinitários. Passa mais quatro anos como soldado, conhece Portugal e em 1584 volta para a Espanha. Em Madrid edita em 1585, sua primeira novela “La Galatea”. Mantem contato com Luís de Gongora e com Lope de Vega, importantes literatos da época. Escreve os poemas dramáticos “Los Tratos de Argel” e “La Mumancia”.

Miguel de Cervantes casa-se com Catalina de Palácios Salazar, 22 anos mais jovem, com quem só permanece durante um ano. Neste período ele se muda para Esquivias, região de La Mancha, terra de sua esposa, dedicando-se ao universo teatral. O esforço de alguns amigos, entre eles Luíz Gálvez de Montalvo, permitiu que a publicação de sua primeira obra se tornasse conhecida por um público erudito. É encarregado, pelo rei, como coletor de impostos devidos à Coroa. Viaja para Andaluzia e La Mancha. Não conseguindo sobreviver da literatura, ele parte em viagem pela Andaluzia, trabalhando como comissário de provisões da Invencível Armada, fixando-se então em Sevilha. Logo depois conquista o cargo de cobrador de impostos do governo, sendo preso dez anos depois, acusado de se apropriar de uma fração da renda arrecadada. Contam os historiadores que a primeira parte do livro “Dom Quixote” foi escrito enquanto estava preso.

CAT

Ao completar 58 anos ele consegue finalmente publicar a primeira parte de sua obra-prima, O engenhoso fidalgo dom Quixote de La Mancha, consagrando-se no universo literário, o que lhe permite devotar-se com exclusividade ao ofício literário. Sucesso imediato teve seis edições no mesmo ano do lançamento. Neste livro ele eterniza um personagem que se torna patrimônio da humanidade, o fidalgo Dom Quixote, junto a seu fiel escudeiro, Sancho Pança, e à sua amada Dulcinéia. Seu nome transforma-se inclusive em adjetivo, ‘quixotesco’, do qual as pessoas se valem quando desejam se referir a alguém sonhador e repleto de ideais.

Dom-Quixote-de-La-Mancha

Escrevendo e tratando de negócios, Cervantes leva uma vida próspera em sua casa em Valladolid, junto com sua família. Em 1606 muda-se par Madrid. Em 1613 publica “Novelas Exemplares” e “El Viaje del Parnaso”. Em 1614 surge uma falsa segunda parte de Dom Quixote assinada por Avellaneda. Mas em 1615 Cervantes publica a segunda parte de Dom Quixote “Delingenioso Cavallero Dom Quixote de La Mancha”.

dom

Esta história se universaliza e se eterniza, torna-se fonte inesgotável de inspiração para outros artistas, até mesmo das artes visuais, como Pablo Picasso e Salvador Dalí, que tentam transpor para as telas de seus quadros as figuras imortais deste livro. O imediato sucesso desta narrativa permite a Cervantes lançar suas Novelas Exemplares, compostas por 12 contos, em 1613, obra seguida por Viagem ao Parnaso, de 1614, e de uma coletânea de suas melhores produções teatrais, Oito Comédias e Oito Intermédios, de 1615.

Em 1614 aparece uma falsificação de sua obra, uma suposta seqüência de seu livro, perpetrada por Alonso Fernández de Avellaneda. Indignado, Cervantes lança, em 1615, uma continuação de sua obra-prima – O engenhoso cavaleiro dom Quixote de La Mancha -, com um tom agora mais irônico. Suas peças mais conhecidas atualmente, A Numancia e O trato de Argel, só foram lançadas no século XVIII.

Cervantes morre em 1616, consagrado como o precursor do realismo espanhol, no dia 23 de abril, em Madri, mesma data em que, coincidentemente, também morria William Shakespeare. Um ano mais tarde surge postumamente sua novela. Os trabalhos de Persiles e Sigismunda.

Principais obras de Cervantes:

– Dom Quixote de La Mancha;
– Oito comédias e oito entremezes nunca antes representados;
– A Numância;
– O trato de Argel;
– Os trabalhos de Persiles e Sigismunda;
– O cerco de Numância (peça de teatro);
– O ciumento de Extremadura.

Sites pesquisados:
http://www.suapesquisa.com/biografias/miguel_cervantes.htm
http://www.infoescola.com/escritores/miguel-de-cervantes/
http://www.lpm.com.br/site/default.asp?TroncoID=805134&SecaoID=948848&SubsecaoID=0&Template=../livros/layout_autor.asp&AutorID=73
http://www.e-biografias.net/miguel_cervantes/

Bom pessoal, espero que tenham gostado. Segue o link do youtube do filme Dom quixote:

    É muito gratificante conhecer um pouco desse grande escritor! Até mais!

 

Anúncios

2 comentários sobre “MIGUEL DE CERVANTES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s