POEMAS ESCOLHIDOS – GREGÓRIO DE MATOS

Chegamos ao sétimo livro da maratona Fuvest 2021. Em meio á essa crise, nada melhor que nos distrair e aprender um pouco mais sobre a nossa literatura. Poemas escolhidos é uma compilação de textos poéticos e analisa diversas vertentes. Nesse post, irei agregar diversos resumos e análise de alguns sites sobre a obra, assim como vídeos e download do livro em pdf. Se preferirem adquirir o livro, deixarei o link da amazon para compra. Vamos lá!!

De acordo com o Guia do Estudante, para entender a obra de Gregório de Matos é preciso conhecer o contexto histórico no qual ele está inserido, uma vez que grande parte de sua poesia (principalmente a satírica) faz alusão a duas de suas maiores referências: o Brasil e Portugal. No final do século XVII, Portugal estava em decadência, sendo que o sistema escravocrata não conseguia mais sustentar a economia da Metrópole. Assim, Portugal impunha ao Brasil uma série de restrições comerciais a fim de conseguir vantagens. Por conta disso, os senhores do engenho e proprietários rurais brasileiros passaram a enfrentar uma forte crise econômica.

Em contrapartida à crise do mercado de escravos e do engenho de açúcar, surge uma rica burguesia composta por imigrantes vindos de Portugal e que comandavam o comércio na colônia. Esta rica burguesia dominou também o mercado de crédito e outros contratos reais. Por conta do monopólio gerado por estes imigrantes, agravou-se a crise dos proprietários rurais brasileiros e a hostilidade entre esses dois grupos foi crescendo ao longo dos anos.

Gregório de Matos, como filho de senhor de engenho e bacharel em Direito, encontra-se em uma posição central neste cenário, tendo condições de pensar e analisar seu momento histórico sob diversas perspectivas. Gregório de Matos, apesar de ter tido diversos cargos de poder, resolve desligar-se de tudo e viver à margem da sociedade como um poeta itinerante, percorrendo o recôncavo baiano e frequentando festas e rodas boemias. Porém, mesmo distanciado da sociedade hipócrita a qual ele condena, ele também se insere nela, pois Gregório ainda depende da nobreza e vive à custa de favores deles. Ao mesmo tempo, ele encara o papel do portador de uma “voz crítica” sobre essa mesma sociedade na qual ele se insere.

As vertentes poéticas de Gregório de Matos: 4 poemas analisados

Poesia satírica

A poesia satírica de Gregório de Matos é a mais conhecida de sua produção. Por meio dela, o poeta não hesitou em reprovar a sociedade e o comportamento de pessoas importantes. Citou, inclusive, nomes de políticos, como o de Antônio Luís da Câmara Coutinho, que governava o estado da Bahia no período.

o poema satírico de Gregório de Matos é marcado por essa “briga” entre uma sociedade “normal” – que é a do homem bem nascido” – e outra “absurda” – que é composta por pessoas oportunistas, mas que estão instaurados no poder. Porém, no caso de Gregório de Matos a “sociedade absurda” é real, pois é a Bahia onde ele vive; e a sociedade considerada “normal”, que é a dos homens bem nascidos e cultos, é absurda perante a realidade baiana. Assim, ambas são consideradas absurdas uma perante a outra. Esse impasse é o da realidade histórica desse momento, coexistindo em um mesmo locas duas Bahia: uma “normal”, que é vista com ar nostálgico, e outra “absurda” e amaldiçoada.

Poesia religiosa

Na vertente religiosa de sua poesia, Gregório de Matos também expõe sentimentos conflitantes. No poema abaixo, o escritor pede perdão a Deus e busca redimir-se de toda a culpa que carrega.

Poesia lírico-amorosa

Seus poemas líricos são comumente divididos em: lírico-amorosos e burlescos/eróticos. Há ainda uma vasta produção de poemas com temática religiosa. Porém, há de se ressaltar que a ironia e crítica social existente nos poemas satíricos não são deixados de lado em sua produção lírica e religiosa.

A poesia lírico-amorosa do poeta exibe a figura de musas de maneira romanceada, comparada a elementos da natureza. Traz ainda sentimentos dúbios, onde o pecado e a culpa se mostram presentes.

No caso de Aos afetos, e lágrimas derramadas na ausência da dama a quem queria bem, o amor é visto como uma luta entre a dor e a paixão.

O verso “rio de neve em fogo convertido” expõe um eu-lírico que transita entre os extremos do sentimento amoroso, ora gélido como a neve, ora ardente como o fogo.

Convém comparar esse tipo de linguagem a do célebre poema de Camões, que diz: “O amor é fogo que arde sem se ver. É ferida que dói e não se sente.”

Poesia lírico-erótica

Gregório de Matos, apesar de escrever sobre o amor de forma delicada, mostra também seu lado mais áspero sobre as relações humanas em alguns poemas considerados eróticos.

Em E isso é o amor? o escritor questiona o sentimento amoroso colocado de forma romântica e com inspiração mitológica. Ele afirma que o amor é, na realidade, um acontecimento carnal, que envolve os prazeres da junção dos corpos dos amantes.

Na poesia amorosa e erótica de Gregório de Matos, o tema básico continua sendo o choque de opostos: “espírito” e “matéria”, “ascetismo” e “sensualismo”. Essa visão dualista também aparece na figura da mulher desejada, sendo que esta representa uma espécie de “anjo-demônio”. É interessante notar que na obra de Gregório de Matos o “outro lado” em um par de opostos sempre irá conter um pedaço do seu par antagônico. Ou seja, se tomarmos por exemplo a figura da mulher, quando ela aparece como um ser angelical, ela também terá uma parte demoníaca, e vice-versa.

Confira os links dos sites com os resumos!!

https://guiadoestudante.abril.com.br/estudo/gregorio-de-matos-poemas-escolhidos-analise-da-obra-de-gregorio-de-matos/
https://jornal.usp.br/cultura/para-entender-a-poesia-de-gregorio-de-matos-e-preciso-saber-quem-foi-ele/
https://www.culturagenial.com/poemas-escolhidos-de-gregorio-de-matos/
https://www.algumasobservacoes.com/2013/02/resenha-poemas-escolhidos-de-gregorio.html

Para download

Para adquirir o livro Físico

https://amzn.to/3e066uV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s